08/12 jogos copa

Conferência dos Bispos critica revogação de portaria sobre aborto

CNBB afirma ser contra as iniciativas que sinalizem para a flexibilização do aborto

Conferência dos Bispos critica revogação de portaria sobre aborto

A Conferência Nacional dos Bispos do Brasil (CNBB) divulgou, nesta 4ª feira (18.jan), uma nota na qual manifesta reprovação ao desligamento do Brasildo Consenso de Genebra e ao fim da portaria de 2020 que dispunha sobre o procedimento de justificação e autorização do aborto nos casos previstos em lei, no âmbito do SUS.

+ Leia as últimas notícias no portal 08/12 jogos copa

A CNBB justifica a crítica às medidas dizendo ser contra "toda e qualquer iniciativa que sinalize para a flexibilização do aborto". O Consenso de Genebra é um documento no qual os governos signatários se declaram contrários a qualquer iniciativa em favor de um direito internacional ao aborto e defendem o "papel da família como unidade fundamental da sociedade". Já a portaria revogada determinava, por exemplo, que os profissionais de saúde comunicassem o aborto à autoridade policial e mantivessem possíveis evidências materiais do crime de estupro, nos casos em que houvesse indícios ou confirmação do delito.

A nota da CNBB divulgada nesta 4ª é assinada pelo presidente da instituição, Dom Walmor de Azevedo, o primeiro vice-presidente. Dom Jaime Spengler, o segundo vice, Dom Mário Antônio da Silva, e o secretário-geral, Dom Joel Amado. Nela ainda, eles pedem esclarecimento do Governo Federal sobre a saída do consenso e a revogação da portaria, "considerando que a defesa do nascituro foi compromisso assumido em campanha [eleitoral]".

Veja a nota na íntegra:

A VIDA EM PRIMEIRO LUGAR

Nota da CNBB

"Diante de vós, a vida e a morte. Escolhe a vida!" (cf. Dt 30,19)

A Conferência Nacional dos Bispos do Brasil (CNBB) não concorda e manifesta sua reprovação a toda e qualquer iniciativa que sinalize para a flexibilização do aborto. Assim, as últimas medidas, a exemplo da desvinculação do Brasil com a Convenção de Genebra e a revogação da portaria que determina a comunicação do aborto por estupro às autoridades policiais, precisam ser esclarecidas pelo Governo Federal considerando que a defesa do nascituro foi compromisso assumido em campanha.

A hora pede sensatez e equilíbrio para a efetiva busca da paz. É preciso lembrar que qualquer atentado contra a vida é também uma agressão ao Estado Democrático de Direito e configura ataques à dignidade e ao bem-estar social.

A Igreja, sem vínculo com partido ou ideologia, fiel ao seu Mestre, clama para que todos se unam na defesa e na proteção da vida em todas as suas etapas ? missão que exige compromisso com os pobres, com as gestantes e suas famílias, especialmente com a vida indefesa em gestação.

Não, contundente, ao aborto!

Possamos estar unidos na promoção da dignidade de todo ser humano.

Brasília-DF, 18 de janeiro de 2023

Dom Walmor Oliveira de Azevedo
Arcebispo de Belo Horizonte (MG)
Presidente da CNBB

Dom Jaime Spengler
Arcebispo de Porto Alegre (RS)
Primeiro Vice-Presidente da CNBB

Dom Mário Antônio da Silva
Arcebispo de Cuiabá (MT)
Segundo Vice-Presidente da CNBB

Dom Joel Portella Amado
Bispo auxiliar da arquidiocese de São Sebastião do Rio de Janeiro (RJ)
Secretário-geral da CNBB

Publicidade

Assuntos relacionados

portalnews
sbtnews
brasil
nota
reprovação
cnbb
bispos
religião
aborto
medidas
saída
consenso de genebra
portaria
estupro
autoridade policial
guilherme-resck
saúde

Últimas notícias

Policial agride mulher e é acusado de discriminar menina com síndrome de Down

Policial agride mulher e é acusado de discriminar menina com síndrome de Down

Agente teria ficado irritado com imitação de garota. Outros policiais ficaram incomodados ao serem filmados
Líder da oposição da Coreia do Sul é esfaqueado durante ataque

Líder da oposição da Coreia do Sul é esfaqueado durante ataque

Integrante do Partido Democrata foi atacado enquanto dava entrevista a jornalistas
Prefeito é expulso de festa após brigar com influenciador

Prefeito é expulso de festa após brigar com influenciador

Gestor de cidade baiana estava em show de Gusttavo Lima e se envolveu em confusão em Mata de São João
Avião pega fogo no aeroporto de Tóquio, no Japão

Avião pega fogo no aeroporto de Tóquio, no Japão

Todos as 379 pessoas a bordo, entre passageiros e tripulação, foram evacuadas a tempo
Homem entra em cascata luminosa e morre eletrocutado

Homem entra em cascata luminosa e morre eletrocutado

Vítima estava em festa de Ano Novo no momento do acidente. Caso foi registrado em Brasília
Brasil Agora ao vivo: terremotos causam destruição e mortes no Japão; no Brasil, Lula sanciona LDO

Brasil Agora ao vivo: terremotos causam destruição e mortes no Japão; no Brasil, Lula sanciona LDO

Acompanhe as principais notícias do dia no programa matinal do 08/12 jogos copa
Série de terremotos no Japão deixa pelo menos 48 mortos

Série de terremotos no Japão deixa pelo menos 48 mortos

Dezenas de milhares de casas ficaram destruídas; governo destacou mil militares para ajudar equipes de resgate
08/12 jogos copa na TV: Japão emite alerta de tsunami após terremoto; Governo retoma PIS/Cofins sobre diesel

08/12 jogos copa na TV: Japão emite alerta de tsunami após terremoto; Governo retoma PIS/Cofins sobre diesel

Confira o que foi notícia ao longo do dia e os assuntos que serão destaque nesta 3ª feira (02.jan)
Redações de alunos de escolas estaduais de SP começam a ser corrigidas por IA

Redações de alunos de escolas estaduais de SP começam a ser corrigidas por IA

Objetivo é usar tecnologia para agilizar o processo de correção dos textos; nota final ainda depende de professor
Brasil bate recorde de hospitalizações por trombose venosa

Brasil bate recorde de hospitalizações por trombose venosa

Entre 2012 e 2023, mais de 489 mil brasileiros foram internados para tratamento da doença, na rede pública de saúde
08/12 jogos copa Mapa do site08/12 jogos copa Mapa do site