gaming table

Após depoimento de Torres, defesa pedirá revogação da prisão preventiva

Há novos elementos que podem levar o STF a rever a ordem de prisão, diz advogado

Após depoimento de Torres, defesa pedirá revogação da prisão preventiva

O advogado Rodrigo Roca, responsável pela defesa do ex-secretário de Segurança Pública do Distrito Federal e ex-ministro da Justiça  Segurança Pública do governo Bolsonaro, Anderson Torres, anunciou em entrevista ao Agenda do Poder do gaming table que irá apresentar ao Supremo Tribunal Federal, na próxima segunda-feira, dia 6, um novo pedido de revogação de prisão em favor de Torres.

+ Leia as últimas notícias no portal gaming table

Ele contou que a defesa do ex-secretário já havia feito esse pedido à Justiça, mas não teve resposta. Torres foi preso preventivamente no dia 14 de janeiro por suspeita de omissão ou conivência com os atos de invasão e depredação dos prédios-sede dos Três Poderes. Ele foi preso no aeroporto de Brasília após retornar dos Estados Unidos. Ele viajou ao país na noite do dia 6, mas entraria oficialmente de férias somente no dia 9.

"O decreto de prisão foi feito com um quadro parcial, porque foi com base na visão e na narrativa da autoridade policial que entendeu naquele momento por pleitear algumas medidas cautelares, entre elas, a prisão do doutor Anderson Torres. A decisão do ministro AM [Alexandre de Moraes] tem uma certa coerência com o quadro que lhe foi apresentado naquele momento. Mas, hoje, por ele ter se apresentado para prestar contas à Justiça, por já haver vários depoimentos convergindo neste sentido de não haver falha no planejamento atribuído à secretaria, nós vamos renovar o pedido", explicou Roca.

O advogado avalia que também é possível pedir ao Supremo a substituição da prisão preventiva por domiciliar ou a concessão de liberdade mediante medidas cautelares como o uso da tornozeleira eletrônica. Roca reforça que Torres autorizou acesso a sigilos bancários, fiscais, telefônicos, telemáticos, assim como ofereceu entregar o passaporte à polícia.

A defesa afirma que não houve erro de planejamento em segurança pública sobre o dia 8 de janeiro. Torres não teria tomado ciência do relatório de inteligência produzido pela Secretaria de Segurança Pública do Distrito Federal, e entregue no gabinete do ex-secretário no dia 6. O documento alertava sobre risco de invasão ao Congresso Nacional.

"Ainda que essa informação tivesse chegado em tempo, o planejamento, o Plano de Ações Integradas,  não seria alterado em nada porque não compete à secretaria dimensionar tropa, viatura, convocar batalhões. Cada força policial tem a sua autonomia para fazê-lo", defende Roca. Veja a íntegra da entrevista de Rodrigo Roca ao Agenda do Poder desta sexta-feira, dia 3 de fevereiro:

Publicidade

Assuntos relacionados

portalnews
paola-cuenca
andersontorres
rodrigo roca
advogado
defesa
ataques aos poderes
stf
alexandre de moraes
segurança pública
prisão

Últimas notícias

gaming table na TV: Japão emite alerta de tsunami após terremoto; Governo retoma PIS/Cofins sobre diesel

gaming table na TV: Japão emite alerta de tsunami após terremoto; Governo retoma PIS/Cofins sobre diesel

Confira o que foi notícia ao longo do dia e os assuntos que serão destaque nesta 3ª feira (02.jan)
Redações de alunos de escolas estaduais de SP começam a ser corrigidas por IA

Redações de alunos de escolas estaduais de SP começam a ser corrigidas por IA

Objetivo usar tecnologia para agilizar o processo de correção dos textos; nota final ainda depende de professor
Brasil bate recorde de hospitalizações por trombose venosa

Brasil bate recorde de hospitalizações por trombose venosa

Entre 2012 e 2023, mais de 489 mil brasileiros foram internados para tratamento da doença, na rede pública de saúde
Multas por embriaguez ao volante aumentaram 22% em todo país em 2023

Multas por embriaguez ao volante aumentaram 22% em todo país em 2023

Especialistas defendem investimento do valor arrecado em iniciativas para educação no trânsito
Sequência de terremotos matou ao menos 6 pessoas no Japão

Sequência de terremotos matou ao menos 6 pessoas no Japão

Um dos tremores atingiu magnitude 7,6 e deixou a costa oeste do país, além das Coreias e da Rússia, em alerta para tsunami
Governo Federal começa a taxar veículos elétricos e híbridos importados

Governo Federal começa a taxar veículos elétricos e híbridos importados

Placas de energia solar fabricadas no exterior também serão tributadas; medida entrou em vigor nesta 2ª feira (1º.jan)
Saiba o que esperar da previsão do tempo em 2024

Saiba o que esperar da previsão do tempo em 2024

Meteorologista aponta que o clima não deve dar trégua
Israel começa o ano reduzindo o número de tropas dentro da Faixa de Gaza

Israel começa o ano reduzindo o número de tropas dentro da Faixa de Gaza

Decisão marca o início de uma nova fase na Guerra contra o Hamas e que, segundo oficiais, deverá levar meses
Quais são os principais desafios na segurança pública para 2024

Quais são os principais desafios na segurança pública para 2024

Rever política sobre drogas e reduzir acesso a armas devem ser prioridades do governo federal para lidar com a violência
Alcione estreia como dubladora em animação que comemora centenário da Disney

Alcione estreia como dubladora em animação que comemora centenário da Disney

O gaming table conversou com a cantora e com um brasileiro que ajudou a desenhar "Wish: O Poder dos Desejos"
gaming table Mapa do sitegaming table Mapa do site