ea prime gaming

Publicidade

Trabalhar sentado aumenta risco de morte precoce e doenças cardiovasculares, diz estudo

Pesquisadores recomendam pausas mais frequentes na jornada de trabalho e prática de ao menos 15 minutos de exercício físico por dia

Trabalhar sentado aumenta risco de morte precoce e doenças cardiovasculares, diz estudo
Publicidade

Trabalhadores que passam a maior parte do tempo sentados têm um risco 16% maior de morrer precocemente, quando comparado com funcionários que se movimentam durante a jornada de trabalho. É o que aponta uma pesquisa da Universidade Médica de Taipei, de Taiwan, publicada na revista acadêmica JAMA Network Open.

Ao todo, o estudo contou com 481,6 mil pessoas, que foram acompanhadas ao longo de duas décadas. Segundo as pesquisas, além de maior chance de uma morte precoce, o estudo mostra que os trabalhadores que ficam o dia todo sentados também podem ter 34% mais chance de desenvolver doenças cardiovasculares.

A orientação, portanto, é que os funcionários com ocupações que exigem passar horas sentados em uma cadeira é que façam pausas mais frequentes ou adotem mesas ajustáveis, sendo possível também trabalhar em pé. A inclusão de 15 a 30 minutos de exercícios físicos por dia também é altamente recomendada.

+ Jornada de trabalho de 4 dias promete diminuir estresse e aumentar receita

“Esses achados sugerem que reduzir a permanência prolongada sentada no local de trabalho e/ou aumentar o volume ou a intensidade da atividade física diária pode ser benéfico na mitigação dos riscos elevados de mortalidade e de doenças cardiovasculares associadas à permanência prolongada na posição ocupacional”, diz o estudo.

Publicidade
Publicidade

Assuntos relacionados

trabalho
Morte prematura
Saúde

Últimas notícias

Ator Igor Lage é vítima de assalto no Rio de Janeiro

Ator Igor Lage é vítima de assalto no Rio de Janeiro

"Eu fiquei na mira da arma alguns segundos", contou o artista nas redes sociais
Guerra na Ucrânia: 2 anos do conflito

Guerra na Ucrânia: 2 anos do conflito

Tragédia segue sem perspectiva de acordo de paz
Morador espanca porteiro em Porto Alegre por causa de entrega não realizada

Morador espanca porteiro em Porto Alegre por causa de entrega não realizada

Vítima das agressões relata ofensas racistas por parte do agressor
Cortejo no Autódromo de Interlagos homenageia ex-piloto Wilsinho Fittipaldi

Cortejo no Autódromo de Interlagos homenageia ex-piloto Wilsinho Fittipaldi

Ex-piloto de Fórmula 1 estava internado em um hospital desde dezembro, depois de ter se engasgado
Atendimentos a pacientes com covid-19 cresceram mais de 30% após o carnaval

Atendimentos a pacientes com covid-19 cresceram mais de 30% após o carnaval

Apenas na última semana, o aumento chega a 60,8% em relação à primeira semana de fevereiro
"Aedes do Bem" pode ser criado em casa e vira esperança contra a dengue

"Aedes do Bem" pode ser criado em casa e vira esperança contra a dengue

Inseto geneticamente modificado ajuda a reduzir o número de fêmeas, que transmitem as doenças
Ivete Sangalo recebe alta de hospital após internação por pneumonia

Ivete Sangalo recebe alta de hospital após internação por pneumonia

Cantora anunciou que já está em casa e agradeceu mensagens dos fãs
Cooperação internacional entre polícias e isolamento das lideranças, defende procurador para combater facções

Cooperação internacional entre polícias e isolamento das lideranças, defende procurador para combater facções

Especialista em PCC, Márcio Christino do MP-SP aponta elo entre tráfico e bunkers antipolícia montados em países como Bolívia e Paraguai
Cachorro-quente de 62 metros tenta superar marca de maior 'dogão'

Cachorro-quente de 62 metros tenta superar marca de maior 'dogão'

Evento celebra aniversário de Osasco em SP; lanche leva 2.500 salsichas e 200 kg de purê de batata
PF prende homem suspeito de ter tentado invadir Palácio da Alvorada, onde estava Lula

PF prende homem suspeito de ter tentado invadir Palácio da Alvorada, onde estava Lula

Neste sábado, motorista avançou com carro sobre bloqueios e, mesmo com tiros disparados pelos seguranças da Presidência, não parou. Fotos feitas pelos policiais federais mostram pneus destruídos por barreiras no chão
Publicidade
Publicidade
ea prime gaming Mapa do site